ASSENTADOS VIZINHOS À CGH IGREJINHA RECEBEM DOAÇÃO DE MUDAS DA EMPRESA EMPREENDEDORA

ASSENTADOS VIZINHOS À CGH IGREJINHA RECEBEM DOAÇÃO DE MUDAS DA EMPRESA EMPREENDEDORA

A Licença de Instalação (LI) da Central Geradora Igrejinha (CGH) contempla não apenas demandas técnicas para a construção da usina, mas inclui ações socioambientais visando a compensação dos impactos. Atendendo a esses requisitos a empresa responsável pelo empreendimento Boa Vista do Cadeado Energia Ltda, formada pelas formada pelas participações das cooperativas Ceriluz (59%) e Coprel (41%), realizou a doação de mil mudas nativas ao Programa Nacional de Reflorestamento, promovido pelo MST, que tem como objetivo plantar 10 milhões de árvores nos próximos 10 anos. A doação ocorreu em julho e beneficiou principalmente produtores rurais do Assentamento Rondinha, localizado às margens do rio Ijuizinho, vizinho à usina. A iniciativa complementou uma segunda campanha de arrecadação de alimentos realizada nos assentamentos de todo o Brasil. Os assentados que doaram alimentos, produzidos em suas propriedades, em contrapartida, receberam 20 mudas de árvores. A estimativa dos organizadores é, nesse ano de 2020, plantar oito mil árvores nativas no município de Jóia.

“O projeto tem como lema plantar árvores e colher alimentos saudáveis e a ideia é que as famílias assentadas implantem áreas de reflorestamento, preservem APPs ou nascentes, ou mesmo as plantem para quebra-vento próximo às casas, e essas parcerias nos ajudam bastante, uma vez que nós não temos recursos com essa finalidade”, avaliou o vice-diretor da Escola Joceli Corrêa, Adílio Perin, um dos coordenadores da ação.

No Rio Grande do Sul, assentados de várias regiões doaram juntos quase 170 toneladas de alimentos desde que a pandemia do novo coronavírus chegou ao Brasil. No município de Jóia, participaram das arrecadações a Escola Joceli Corrêa, os assentamentos Rondinha, Barroca, Tarumã, Cerres, Simão Bolívar e o Reassentamento 31 de Maio. Os assentados arrecadaram oito toneladas de alimentos como feijão, batata doce, mandioca, laranja, bergamota, lima, abóbora e moranga. A doação foi dividida. parte para o Lar dos idosos de Jóia e parte foi transportada para Porto Alegre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s